Quais são as particularidades do sotaque inglês canadense?

O inglês é o idioma oficial de diversos países, como da Inglaterra, Estados Unidos e do Canadá. Entretanto, assim como há diferença entre o português falado no Brasil e em Portugal, esses países também possuem as suas particularidades na hora de falar o inglês. O sotaque do inglês canadense têm distinções quando comparado ao americano ou ao britânico. Cada um possui suas expressões e, ainda, maneiras únicas de pronunciar determinadas palavras.

Se você tem interesse em saber quais são as particularidades do sotaque do inglês canadense, continue lendo este post! A seguir, vamos mostrar algumas gírias e características dele e como você pode se adaptar a elas. Confira!

1. “Eh”

Essa é, com certeza, uma das principais expressões do Canadá. O canadense utiliza a interjeição “eh” no final das frases com um tom interrogativo, sobretudo para se certificar de que a outra pessoa concorda com a afirmação feita ou para obter uma resposta. O “eh” é bem parecido com o “né” do português brasileiro e, da mesma forma, é utilizado em situações informais.

Por exemplo, você pode usá-lo na frase “not bad, eh?”, algo como “nada mal, né?” em português. O objetivo é conferir se o outro concorda com a sua opinião. A interjeição também é bastante utilizada no início de uma conversa, como “how’s it going, eh?” (“como vai, hein?”). Contudo, lembre-se sempre de que em um contexto formal, você provavelmente não vai ouvir essa expressão.

2. A pronúncia de “out”

Quando a palavra termina em “out”, o sotaque canadense fica bem nítido. No Canadá, a população pronuncia “oot” em vez de “out”, como estamos acostumados a ouvir em filmes e séries americanas. Um exemplo é a palavra “about” (“sobre”, em português) que eles falam algo como “aboot”.

Acredita-se que os canadenses têm essa pronúncia distinta devido à influência da língua francesa, que é o outro idioma oficial do país. Ele é falado principalmente na província de Quebec, onde a colonização dos franceses foi maior. Contudo, as cidades inglesas, especialmente as mais próximas dessa província, também foram muito influenciadas pelo francês.

3. Loonie and Toonie

Ao ler esse tópico, você deve ter se lembrado do famoso desenho Looney Tunes. Entretanto, não é sobre ele que vamos falar aqui. Loonie and Toonie é a expressão que os nativos usam para se referir às duas moedas bastante utilizadas no Canadá: a de um e a dois dólares canadenses, respectivamente.

Na moeda de um dólar há um “loon”, um tipo de pássaro comum no país. Daí veio o apelido “loonie”. Como a moeda de dois dólares é exatamente o dobro da loonie, ela ganhou o nome de “toonie”. Assim elas se tornaram “Loonie and Toonie”. Se um dia você for para o Canadá e ouvir essas palavras, já vai saber do que se trata, certo?

4. Yarn

“To yarn” no inglês de alguns países pode significar “inventar uma história, mentir”, mas no Canadá a expressão não tem nada a ver com isso. Quando os canadenses utilizam a palavra “yarn” eles estão se referindo a uma conversa informal, como um bate-papo, no Brasil. Em outros territórios que falam inglês, como os Estados Unidos, a expressão é equivalente a “to chat”.

Cada país e região têm suas particularidades, gírias e expressões. Entendê-las e se adaptar pode parecer difícil, mas há alguns truques para fazer isso. Veja produções do país nas quais tem interesse, como filmes, séries e até vídeos na internet feitos por nativos. Depois de ver como eles falam, uma boa ideia é tentar criar frases com essas particularidades.

Para analisar a diferença entre sotaques, como o canadense e o americano, também é fundamental assistir ou escutar conteúdos produzidos por nativos de cada país. Assim, você será capaz de fazer a comparação e comprovar a diferença entre ambos.

Agora que você já descobriu algumas particularidades do inglês canadense, que tal compartilhar esse artigo nas redes sociais para que mais pessoas possam conhecer essas curiosidades?