Tradições do Canadá: o que é o Remembrance Day?

Tradições do Canadá: o que é o Remembrance Day?

O Canadá é um país com uma cultura rica e muitas tradições, algumas vindas da mistura de seus colonizadores, a Inglaterra e a França. O país conta com diversas datas comemorativas que fazem parte de sua identidade e história.

Uma delas, muito especial, é o Remembrance Day, um dia para se lembrar dos soldados das tropas canadenses que faleceram em campo de batalha, defendendo seu país.

Vamos entender um pouco mais sobre o que é essa data?

O que é o Remembrance Day?

Embora tenha começado logo após a Primeira Guerra, o Remembrance Day serve para relembrar de todos os combatentes que faleceram em conflitos defendendo Canadá, como a Segunda Guerra Mundial, a Guerra das Malvinas e a Guerra do Golfo. Estima-se que mais de cem mil homens se sacrificaram nesses combates.

Qual é a origem da data?

O Remembrance Day é lembrado no dia do término da Primeira Guerra mundial: o 11° dia, do 11° mês, às 11 horas da manhã do ano de 1918, ou seja, todo dia 11 de Novembro.

Em 1919, um ano após o término da guerra, o Rei George V, da Inglaterra, pediu ao público por dois minutos de silêncio, para que “seus pensamentos pudessem se concentrar na reverente lembrança dos gloriosos falecidos”.

Um fato curioso de se saber é que, até 1931, a data coincidia com um feriado comemorativo bem conhecido, o Thanksgiving Day, ou Dia de Ação de Graças.

Porém, até esse ano, a data que servia para lembrar os soldados tinha pouco interesse do público em geral e apenas os familiares prestavam suas homenagens. Então, o governo federal do Canadá decidiu “adiantar” o feriado de Thanksgiving Day para o mês de Outubro, fazendo que o Remembrance Day tivesse mais destaque.

Como é feita a homenagem?

A data também é conhecida como Poppy Day, ou Dia da Papoula. Isso porque, em 1915, durante a Primeira Guerra, o médico e soldado canadense Jonh McCrae, ao perder seu amigo Alexis Helmer no campo de batalha, escreveu o poema In Flanders’ Fields, ou “Nos Campos Flanders”.

O poema faz referência ao palco de uma árdua batalha, na qual muitos homens perderam a vida e foram, ali mesmo, enterrados. Tempos depois, começaram a brotar papoulas no local.

Por isso, do final de outubro até o dia 11 de Novembro, os Canadenses usam broches em formato de papoulas para mostrar seu respeito e apoio às suas tropas.

No dia 11 de Novembro, às 11 horas da manhã, são cumpridos os dois minutos de silêncio solicitados pelo Rei George, seguidos de cerimônias em memoriais de guerra, monumentos fúnebres e igrejas por todo país.

Quais outros países aderem à data?

Alguns lugares ao redor do globo também usam a data para demonstrar respeito às suas tropas. A Inglaterra, criadora do que é o Remembrance Day, é o principal país da lista.

Além dela, os países da Commonwealth — comunidade composta por cinquenta e três países (todos, com exceção de Moçambique e Ruanda, fizeram parte do Império Britânico) — também prestam honras aos seus soldados.

Gostou de aprender sobre essa tradição canadense? Assine nossa newsletter e fique por dentro de mais novidades e curiosidades do Canadá!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *