Como é o dia a dia em uma Homestay Canadense?

Como é o dia a dia em uma Homestay Canadense?

As homestays são consideradas ótimas opções para os brasileiros. São locais que oferecem condições muito boas de estadia e com valores relativamente baixos. Mas existem sempre algumas dúvidas sobre o dia-a-dia em uma casa de família. Como os brasileiros se sentem? Como funciona?

Por isso, neste texto, o objetivo é mostrar as oportunidades que uma homestay oferece. Seja pelo ótimo custo benefício ou pela imersão cultural que este tipo de hospedagem proporciona. Além, é claro, de fazer amigos e participar de atividades sociais que só as famílias canadenses proporcionam.

 

Famílias escolhidas com critério e sempre muito agradáveis

A experiência em uma casa de família canadense depende muito da identificação do perfil do estudante e da família. Por isso o processo de seleção é bem feito, garantindo uma experiência tranquila e divertida. No critério de seleção são considerados alguns fatores como hábitos diários, perfil comportamental, exigências dos alunos, entre outros.

Quando os critérios são estabelecidos ainda no Brasil, não é preciso se preocupar com questões como “Essa família pode ser chata?” ou “Essa família será muito diferente da minha família brasileira?”. Todos os requisitos de ambas as partes devem ser estudados para a busca de uma família de acordo com o perfil do estudante brasileiro.

A Canada Intercambio, por exemplo, garante que o estudante vai ser recebido por uma família que atenda seus critérios. Mas caso o intercambista queria mudar de casa, ele pode solicitar a transferência para outra residência.

O que acontece no dia-a-dia de uma casa no Canadá?

A família canadense é preparada para receber e se relacionar com estudantes. O aluno mantém sua individualidade mas se integra na rotina da família não só para mergulhar na cultura, mas também para aprender expressões e se comunicar de forma mais fluente.

O canadense habitualmente é muito acolhedor e educado, de modo que a adaptação em geral acontece rápido. Café da manhã em família, jantares, passeios de final de semana, histórias e mais histórias, e até presentes. Nas homestays o relacionamento familiar deixa o aprendizado mais leve e afetivo. Isso ajuda principalmente aqueles que nunca tiveream o contato com a língua inglesa ou francesa.

O canadenses tem vasta experiência (e respeito) com pessoas de culturas diferentes – afinal, isso faz parte da formação do próprio país – e isso significa que os brasileiros tendem a ser sempre bem recebidos.

Como funciona na prática?

A homestay funciona com algumas regras específicas que são passadas pelas famílias que acolhem os hóspedes assim que eles chegam, além, é claro, de todo suporte e orientação da nossa equipe. Não é necessário se preocupar com questões como itens de banho ou de higiene. Estes normalmente são fornecidos pela homestay, embora também seja possível levar seus pertences pessoais. (até recomendável).

Os cômodos costumam ser bem equipados, sem grandes luxos, mas com tudo aquilo que o hóspede precisa para passar sua temporada no Canadá. Segurança, higiene, conforto e transparência são peças chaves na escolha das homestays pela Canada Intercambio.

O transporte no Canadá é excelente, por isso o aluno tem a liberdade de conhecer outros lugares sem depender da família.

Em algumas homestays também é possível se hospedar com um estudante brasileiro mas recomendamos sempre um foco total na imersão da língua escolhida. Isso ajuda no aprendizado e acelera o desenvolvimento do aluno.

 

Vida noturna e sociabilidade: detalhes que devem ser combinados

É possível se divertir no Canadá de diversas formas: natureza, atividades culturais, passeios com amigos, musica ao vivo etc. A vida noturna no país é bastante segura. Entretanto, tudo deve ser combinado com os hosts (pais canadenses), de modo a evitar problemas. Pessoas com idade inferior a 19 anos não podem entrar em casas noturnas. Os horários dessas atividades são bem diferentes do Brasil e muitas delas encerram mais cedo. De toda forma vale sempre o bom senso de entrar em contato com a família canadense caso decida sair com amigos.

Da mesma forma, trazer amigos para a casa deve ser combinado entre o hóspede e o host, de modo a evitar conflitos, manter um bom relacionamento e alimentar uma amizade que pode durar por muitos e muitos anos.

___

Já fez intercambio para outro país? Tem histórias para contar? Tem alguma dúvida? Comente abaixo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *