Transporte público no Canadá: como funcionam as melhores opções

O transporte público no Canadá é referência mundial, uma vez que preza pela qualidade e conforto de seus usuários.

Por isso, quem chega no país costuma ficar deslumbrando com o serviço e, frequentemente, um pouco perdido com a quantidade de opções que as cidades oferecem.

Foi pensando nisso que escrevemos este post para você. Confira!

Toronto

A maior cidade do país conta com um transporte público amplo, rápido e eficiente, apresentando um ótimo custo-benefício. Para se localizar e andar pela cidade sem grandes problemas, basta pegar um mapa em qualquer estação de metrô, ou utilizar o Google pelo seu celular.

A empresa Toronto Transit Comission, ou TTC, como é popularmente chamada, é a administradora do sistema de transporte público de Toronto. Ela contempla metrô, ônibus e streetcars (bondes elétricos).

Na região, você paga uma única tarifa e pode fazer a combinação entre os diversos modelos de transporte dentro de um determinado período de tempo. Para isso, você não pode se esquecer de pegar o ticket para integração, logo na entrada do ônibus, metrô ou streetcar.

Uma informação muito importante é que, assim como em outros países, no Canadá não existe a figura do cobrador. Logo, caso você não tenha comprado o passe diário, semanal ou mensal, é preciso ter o dinheiro da passagem trocado para depositar na máquina que fica na entrada do ônibus.

Para conhecer os preços das passagens e as possibilidades de economizar durante o seu intercâmbio, basta conferir o site da TTC.

Vancouver

Se você pretende fazer intercâmbio por essa região, a primeira coisa que deve saber é que o sistema de transporte público integra toda a grande Vancouver. As opções são ônibus, skytrain (metrô), seabus e trem. A empresa responsável por administrar toda essa malha é a Translink. Logo, para qualquer dúvida a respeito de itinerários e preços, basta acessar o site deles ou segui-los no Twitter.

Para facilitar a sua vida, faça o Compass Card, que pode ser utilizado em qualquer transporte. É parecido com o bilhete único de São Paulo, e você o carrega com o valor que quiser. Há as opções de viagem única, day pass ou monthly pass.

O preço da passagem varia de acordo com o seu trajeto. A região de Metro Vancouver é dividida em 3 zonas, sendo que o pagamento será realizado da seguinte maneira:

  • se você andar apenas dentro da sua zona de início, pagará por uma zona;
  • se você for da zona 01 para a zona 02, pagará por 02 zonas;
  • se você for da zona 01 para a zona 03, pagará por 03 zonas.

Para que o cálculo da sua passagem seja feito corretamente, você deve se lembrar de sempre realizar o tap in e o tap out. Isso nada mais é do que bater o cartão na entrada e na saída do metrô ou do ônibus para que sejam contabilizadas as zonas que você andou.

Uma outra informação muito importante é que o sistema de zonas apenas é válido durante os dias de semana, do início da operação às 18:30h. Nos finais de semana e feriados é liberado, ou seja, você poderá viajar por toda a grande Vancouver e pagará apenas por uma zona.

Montreal

Montreal conta com 4 linhas de metrô, que servem 68 estações distintas. Já a rede de ônibus apresenta 220 linhas, cobrindo toda a ilha de Montreal.

Por lá, a empresa responsável por administrar toda a malha de transporte público é a Société de Transport de Montréal (STM). Qualquer dúvida pode ser sanada pelo site deles.

Cada ticket dá direito a uma integração entre ônibus e metrô, que deve ser realizada sempre seguindo a mesma direção e dentro de 120 minutos. Para quem for ficar mais de três dias na cidade, vale a pena fazer o Opus Card e recarregá-lo de acordo com as suas necessidades. É possível chegar em praticamente todos os pontos turísticos de Montreal utilizando o sistema de transporte público.

Você sabia?

Algumas informações interessantes sobre transporte público no Canadá:

• Você não precisa acenar para o ônibus parar. Basta estar no ponto que o ônibus vai parar e abrir a porta para você.

• Os ônibus são extremamente pontuais. E eles não esperam. Andar de ônibus no Canadá é um exercício de pontualidade para nós brasileiros.

• Para abrir a porta do ônibus ao sair você precisa empurrá-la. Não é o motorista que abre para você.

• No Canadá, é comum sair do ônibus e agradecer ao motorista. A maioria das pessoas, ao descer, diz “Thank you!”.

• É possível andar de transporte público com a sua bicicleta. Você pode levá-la na frente do ônibus, dentro do metrô… super prático para pedalar por toda a cidade!

Como dissemos, o transporte público no Canadá é excelente independentemente de onde você estiver. Certamente, você conseguirá se locomover de maneira prática e rápida utilizando uma das diversas opções oferecidas.

Para saber mais sobre o Canadá e como fazer um intercâmbio por lá, siga as nossas páginas nas redes sociais — Facebook e Instagram.