Quero fazer intercâmbio. E agora?

Se você decidiu fazer intercâmbio, pode estar agora pensando: por onde começar? São várias escolhas a se fazer, e isso pode deixá-lo perdido. Se este é o seu caso, não se preocupe: você chegou ao lugar certo!

Neste texto, vamos dar dicas fundamentais para orientá-lo nessa trajetória. Assim, você poderá realizar seu sonho de estudar fora sem nenhuma complicação. Vem com a gente!

Entenda seu perfil de intercâmbio

Na hora de escolher seu destino, antes de abrir o mapa, pesquisar na internet, conversar com os amigos, saiba que o mais importante é conhecer bem a si mesmo, pois isso será fundamental para a tomada de boas decisões.

Dessa forma, é importante questionar se você prefere lugares frios ou quentes, cidades mais movimentadas ou tranquilas, programas diurnos ou noturnos, cidades marítimas ou com trilhas nas montanhas… Pensar em todos esses fatores pode ser determinante para uma boa experiência no exterior, já que você garante que poderá vivenciar aquilo que deseja e evitar o que não gosta.

Coloque seu objetivo no papel

Para que seu intercâmbio seja aproveitado da melhor forma possível, é essencial que você defina o que deseja ao estudar fora. Estabeleça um objetivo de viagem!

Fazer intercâmbio é uma experiência que oferece uma série de aprendizados e possibilidades, sendo assim, procure responder quais são as suas prioridades. Estudar inglês? Conseguir o diploma de uma instituição respeitável? Conhecer diversas culturas diferentes em um só lugar? Especializar-se em uma área? Conhecer o máximo de lugares possíveis?

São muitas opções, é verdade. Por isso, vale a pena escrever item por item do que interessa fazer lá fora e estabelecer um grau de importância para cada um. Assim, ficará muito mais fácil tomar decisões — e depois cumprir suas metas!

Foque em locais que tenham o seu perfil

Agora que você já pensou nos lugares que mais combinam com o seu perfil e definiu os seus objetivos ao estudar fora, chegou o momento de juntar as peças. A partir das combinações possíveis, será muito fácil fazer a escolha perfeita!

Se, por exemplo, você gosta de natureza, multiculturalidade, não se incomoda com o frio e deseja aprender​ inglês, praticando bastante, uma boa pedida é alguma cidade do Canadá, em uma região com poucos brasileiros (no verão é bem quente!). Assim, você une o útil ao agradável, pois cumpre suas metas e ainda aproveita o local da maneira que mais combina com o seu perfil. Que tal?

Considere os custos

Para não passar nenhum aperto no exterior, é importante fazer um bom balanço financeiro antes e levar em conta o custo de vida nas diferentes cidades possíveis. Afinal, viver em alguns lugares pode ser bem mais caro do que em outros.

Faça uma comparação entre o real e a moeda local dos destinos que está considerando e atente-se a fatores como passagem, moradia, transporte, alimentação e passeios. Depois, prepare um orçamento com o dinheiro que você pretende investir, prevendo a quantia que pode ser gasta em cada uma dessas partes da viagem. Assim, você garante que vai fazer intercâmbio de maneira bem mais tranquila!

Pesquise escolas

É normal ficar um pouco perdido em relação ao funcionamento do sistema educacional no exterior, em países como o Canadá, por exemplo. O que fazer?

O mais importante é pesquisar com calma sobre as escolas que você pode frequentar. As opções são muitas, mas as informações gerais estão disponíveis na internet.

Procure saber a qualidade das instituições, e também o tipo de experiência que você pode ter por lá, em relação às atividades extracurriculares, aos professores e colegas e aos horários, por exemplo. Nesse sentido, agências de intercâmbio também podem ajudá-lo, pois têm informações específicas sobre escolas e sistemas educacionais.

E aí, gostou das dicas? Seguindo esses passos, você vai garantir um percurso bem tranquilo até à realização do sonho de fazer intercâmbio! Para saber mais sobre estudar fora, dê o seu like em nossa página no Facebook!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *