High School Exchange: como funciona esse tipo de intercâmbio?

Quem nunca assistiu a um filme ou seriado estrangeiro e pensou o quão legal seria estudar em uma High School fora do Brasil? Sonho de grande parte dos adolescentes, fazer um intercâmbio High School é, definitivamente, uma excelente oportunidade para se viver experiências incríveis, fazer amizades, e, é claro, incluir em seu currículo escolar uma bagagem de ensino médio internacional.

Mas por onde começar e o que é preciso fazer para realizar esse tipo de intercâmbio? Para solucionar essas e outras dúvidas, bem como explicar detalhadamente como funciona todo o processo, preparamos este guia para que você saiba o que é preciso antes de embarcar nessa experiência. Ficou curioso? Continue a leitura!

O que é o intercâmbio High School?

O intercâmbio High School é um programa de experiência internacional no qual o jovem estudante cursa parte do ensino médio no exterior, vivendo como um local e tornando-se um cidadão do mundo.

Em vez de aprender apenas uma língua, como nos intercâmbios de cursos de idiomas, o estudante aprende matemática, história, geografia, ciências, enfim, todas as disciplinas que cursamos durante o ensino médio — e, o principal, em uma escola local —, podendo escolher também as suas matérias eletivas, como música, culinária, teatro, esportes, artes, entre outras.

Quais os destinos mais comuns?

Entre os destinos mais procurados pelos jovens que desejam fazer o intercâmbio High School, podemos citar:

  • Canadá;
  • Estados Unidos;
  • Inglaterra;
  • Austrália;
  • Alemanha;
  • França.

Quem pode fazer esse tipo de intercâmbio?

O intercâmbio High School é voltado para jovens de 14 a 18 anos que estejam cursando o ensino médio e que queiram passar de um semestre a um ano estudando fora.

Algumas especificidades variam de país para país. Em destinos como o Canadá, o estudante que deseja se formar por lá precisa ter cursado pelo menos 2 anos do ensino médio no país. Já nos Estados Unidos esse período varia entre 6 meses a 1 ano. Sendo assim, é importante analisar cada caso previamente.

Além disso, é preciso ressaltar que as notas do aluno aqui no Brasil são muito importantes. Todas as instituições fora do país olham o boletim do estudante antes de aceitá-los em suas escolas. Portanto, se o seu objetivo é fazer um intercâmbio High School, não deixe de se empenhar bastante nos estudos.

Quero fazer um intercâmbio High School. Por onde começar?

O estudante deve iniciar a busca por vagas em escolas, pelo menos, seis meses antes da data em que pretende viajar. Sendo assim, o primeiro passo é buscar, com antecedência, por uma agência de intercâmbios de confiança e dar início ao processo.

Defina o país no qual você deseja viver essa experiência. Caso ainda tenha dúvidas, converse com o agente sobre suas preferências e ele certamente lhe auxiliará a escolher o melhor lugar. O Canadá, por exemplo, é perfeito para quem, além de estudar, deseja aproveitar um pouco mais de uma atmosfera segura, aconchegante e cosmopolita.

Assim que for aceito por uma instituição, é a hora de definir o tipo de hospedagem. Normalmente, quem faz o intercâmbio High School se hospeda em casas de famílias participantes do programa.

Para encontrar a família que se encaixa perfeitamente no estilo do estudante, tornando a experiência única e inesquecível, é feita uma extensa seleção de famílias de acordo com a análise de documentos preenchidos previamente pelo intercambista, que contam um pouco sobre suas características, hábitos e cultura.

Definidos todos esses aspectos e apresentada toda a documentação, basta apenas se preparar para viver momentos inesquecíveis, fazer novas amizades, conhecer diferentes valores e descobrir outras culturas!

Agora que você já sabe o que é, como funciona e quais os requisitos para realizar um intercâmbio High School, que tal providenciar tudo o que está faltando e encarar de vez essa experiência mais do que fantástica? De uma coisa nós temos certeza: além da diversão, você certamente carregará por toda a vida as experiências e conhecimentos adquiridos durante esse período.

E você, sonha em fazer ou já cursou o High School fora do país? Compartilhe conosco suas experiências e dúvidas nos comentários!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *