O que esperar das próximas eleições no Canadá?

As eleições de 2019 no Canadá para primeiro-ministro têm causado certo alvoroço entre brasileiros que pretendem imigrar para o país. Mas uma futura mudança no comando do país não é necessariamente algo ruim para quem oferece mão de obra qualificada.

Confira o nosso post e saiba um pouco mais do que esperar nas próximas eleições.

Como são as eleições no Canadá?

O Canadá adota o sistema político do parlamentarismo, que é diferente do brasileiro. Por isso, às vezes, pode ser um pouco difícil compreender o funcionamento das eleições. A primeira coisa que muitos esquecem é que o Canadá faz parte do grupo de países sob o governo da monarquia britânica, assim como Austrália, Bahamas, Jamaica, África do Sul e muitos outros.

Ou seja, existe o poder de um monarca, atualmente exercido pela rainha Elizabeth II, e a Constituição é aplicada por meio do primeiro-ministro do país, cargo ocupado desde 2015 por Justin Trudeau, líder do partido liberal e conhecido por suas ações progressistas, como a legalização da maconha, a ampliação do programa de imigração, além de compor o seu gabinete priorizando a diversidade, com metade homens e metade mulheres, refugiados, aborígenes e muçulmanos, para cargos nos 30 ministérios existentes.

Sendo assim, o alto escalão do governo canadense é formado pela rainha Elizabeth II, o primeiro-ministro e um governador geral, indicado pela realeza e que a representa no território canadense. Aqui no Canadá, o common law é o sistema legal adotado, o que significa que, ao contrário do Brasil, as leis não estão escritas, mas sancionadas de acordo com os costumes e a jurisprudência.

A eleição para primeiro-ministro é a mais importante do país, pois é ele quem exerce de fato a função de chefe do governo. O canadense vota no membro que preferir, e o líder do partido com mais votos torna-se o primeiro-ministro durante quatro anos.

Outra diferença com relação ao sistema brasileiro é que o voto não é obrigatório no Canadá, sendo que qualquer cidadão canadense maior de 18 anos pode votar, se quiser.

Como as eleições no Canadá podem afetar os imigrantes brasileiros?

Justin Trudeau, atual primeiro-ministro do Canadá, é extremamente popular entre os jovens e as pessoas que compartilham de suas ideias liberais. Trudeau foi responsável por uma série de leis que beneficiaram os imigrantes das mais diversas nacionalidades, incluindo os brasileiros. Por tal motivo, o avanço do partido conservador tem sido visto com certa preocupação entre aqueles que estão em busca da cidadania canadense.

Porém é importante ressaltar que o Canadá conta com uma política migratória admirada por boa parte dos países de primeiro mundo, e essa história vem desde 1967, no governo Lester Pearson. Além disso, no governo do primeiro ministro Stephen Harper, do partido conservador que atuou entre 2006 e 2015 e veio antes de Trudeau, o Canadá recebeu cerca de 250 a 300 mil imigrantes por ano.

Ou seja, mesmo que Trudeau tenha se destacado no assunto, ele não foi o primeiro a tornar o Canadá um destino buscado por cidadãos de todo o mundo. Por tal motivo, é difícil acreditar que uma futura mudança no poder canadense afete diretamente aqueles imigrantes que oferecem mão de obra qualificada.

A outra boa notícia é que, embora o partido conservador ainda não tenha apresentado um plano de governo claro sobre a imigração, ele é, de certa maneira, favorável à existência de outros povos no Canadá. A diferença entre os partidos é o modo de se pensar na aplicação das regras para permitir que cidadãos de outros países possam viver legalmente em terras canadenses.

É claro que, quando se trata de política, todas as previsões precisam ser feitas com certa cautela. Porém, ao analisar as práticas dos candidatos, não se espera uma mudança tão radical em seus posicionamentos.

Logo, se você pretende imigrar e está preocupado com os  resultados das eleições no Canadá, trate de continuar estudando e melhorando o seu currículo e o seu inglês, pois, dessa maneira, as chances de sofrer impactos com possíveis alterações são mínimas.

Também, não se esqueça de que é importante buscar por uma empresa especializada para o processo. Leia aqui o nosso passo a passo sobre a imigração no Canadá e entre em contato conosco para mais informações.