Quem já veio a Vancouver fica impressionado com o número de Asiáticos. Devido a proximidade com a região o país e principalmente a cidade de Vancouver se tornou o destino preferido de muito empresários ricos vindo de Hong Kong. Muitos tem sido acusados nos últimos anos de despejar quantias de dinheiro significantes em imóveis na região. Isso fez com que os preços de Vancouver e regiões próximas se tornassem inacessíveis para o Canadense da classe média, e o governo local prometeu providências.

A partir de 02 de agosto de 2016, os compradores estrangeiros de imóveis residenciais na área de Vancouver terão que pagar uma taxa extra de 15 por cento sobre o valor do imóvel. O novo imposto, que foi apresentado esta semana pelo governo de British Columbia (BC), é parte do plano provincial para retardar a especulação imobiliária estrangeira, que muitos culpam por fazer da região o mercado imobiliário mais inacessíveis no Canadá.

No mês passado, o Conselho de Imóveis da Grande Vancouver disse que o preço médio de uma casa em Vancouver tinha subido acima de US $ 1,5 milhões.

As regras só se aplicam a compra de imóveis na Grande Vancouver (Metro Vancouver), excluindo as terras do tratado da Tsawwassen First Nation.

O imposto adicional sobre a compra de uma casa vendida por US $ 2 milhões para um cidadão estrangeiro passa  apagar um imposto adicional de US $ 300.000. Atualmente, todos os residentes de BC pagam 1% de imposto sobre os primeiros $ 200.000 de sua compra, 2% sobre o valor restante até US $ 2 milhões, e 3% em qualquer parte acima disso.

O governo da Província declarou que as receitas provenientes do imposto adicional serão usada para financiar a moradias populares, acrescentando que as novas regras visam tornar os imóveis mais acessível para os compradores de classe média.

O Prefeito de Vancouver Gregor Robertson elogiou as mudanças, afirmando “venho pedindo a anos medidas ousadas para lidar com a acessibilidade de moradias aos Canadenses”,

“É muito cedo para julgar se esse imposto irá ou não ter um impacto significativo no mercado de imóveis em Vancouver, mas algo precisava ser feito. Em Vancouver você podia encontrar facilmente apartamentos de quarta e sala por mais de 1 milhão de dólares Canadenses.

O partido de oposição reclama: “Penalizar os novos imigrantes que estão trabalhando e vivendo aqui, mas não têm a cidadania ainda é muito ruim… Eu temo que vamos precisaremos de novos ajustes em seis meses para corrigir este problema”, disse o membro do NDP David Eby.

No entanto, o plano do governo afirma claramente que o definição de um estrangeiro é alguém que não é um cidadão canadense ou residente permanente. Consequentemente, os novos residentes permanentes que imigrarem para a região de Vancouver não pagarão o novo imposto na compra de uma casa.

O Vancouver Metro Area inclui Anmore, Belcarra, Bowen Island, Burnaby, Coquitlam, Delta, Langley City e Township, Baía de Leão, Maple Ridge, New Westminster, North Vancouver City e District, Pitt Meadows, Port Coquitlam, Port Moody, Richmond, Surrey , Vancouver, West Vancouver e White Rock

O imposto adicional aplica-se sobre todas as transferências registradas no Título Land Office após 02 de agosto de 2016, independentemente de quando o contrato de compra e venda foi celebrado.