Como se preparar para um intercâmbio: 5 dicas fundamentais

Realizar um intercâmbio, cada vez mais, é a vontade de uma grande parcela de jovens e adultos, que veem nesse sonho a possibilidade de ampliar os seus horizontes. Além do mais, o contato com novas culturas e tradições é uma experiência indescritível e marcante. Contudo, para tirar do papel esse desejo é necessário planejamento e muita pesquisa.

Interessou-se pelo assunto e quer saber como se preparar para um intercâmbio, evitando possíveis contratempos? Continue a leitura e veja as nossas dicas infalíveis!

1. Solicite ajuda especializada

O primeiro passo para conseguir se organizar é ir em uma agência de intercâmbio confiável. Com experiência na área, os profissionais vão fornecer todas as orientações para que a sua viagem e estadia seja um sucesso.

Lembre-se que as agências te dão muitas dicas e atalhos que facilitam todo o processo, como pacotes de intercâmbio, suporte ao aluno e atendimento personalizado, as melhores escolas e os lugares que combinam mais com você. Por isso, o primeiro passo é entrar em cotato com uma empresa especializada.

2. Escolha o destino

Outra etapa essencial é a escolha do destino. Afinal, cada país tem suas particularidades. Então, para conseguir realizar as demais tarefas, inclusive a reserva de hospedagem, seguro e compra de passagens, é importante ter batido o martelo em relação ao local.

Nesse sentido, não se esqueça de fazer uma pesquisa minuciosa sobre a região. É indicado, por exemplo, buscar informações sobre os hábitos, clima, alimentação e atrações. Assim, você não corre o risco de ir para um lugar com o qual não se identifica.

3. Faça um planejamento financeiro

Para realizar seu intercâmbio sem surpresas, é fundamental fazer um planejamento financeiro. Coloque na ponta do lápis todos os gastos, desde passagem aérea até hospedagem. Não se esqueça de analisar o custo de vida do local e os valores referentes aos passeios.

Dessa forma, você se prepara corretamente para os custos básicos e, caso necessário, pode embarcar em novos passeios ou atividades que surgirem durante sua aventura em outro país. Lembre-se, aqui, de optar por locais que sejam compatíveis com a sua realidade financeira. Afinal, você não quer ir para o outro lado do mundo para passar perrengue, não é mesmo?

4. Conheça as exigências locais

Existem países que não solicitam sequer o visto dos brasileiros, como Argentina, Colômbia, Chile, Equador, Espanha e outros. Isto é, eles têm uma política mais flexível e tolerante com os estrangeiros. Mas nem todos são assim. Canadá, USA e Austrália, por exemplo, exigem visto, mas são destinos maravilhosos, que com certeza irão proporcionar experiências especiais.

Por isso, é essencial verificar, com antecedência, as exigências locais e documentos necessários. Atenção redobrada às três principais imposições: vacina, seguro de viagem e visto.

Detalhe importante: saiba que não é necessário ter o inglês fluente para realizar um intercâmbio.

5. Defina a duração do intercâmbio

Tão importante quanto os itens descritos, é a questão do tempo de permanência no país. Todos os fatores estão interligados e, dependendo do propósito da viagem, certos locais exigem uma data de volta ante mesmo do estudante chegar lá.

É fundamental também se programar em relação ao período da viagem e o clima no local durante esse período. Isso vai influenciar no estilo de roupa que você levará na bagagem. Falando em mala, tome cuidado para não exagerar, uma vez que existe grande possibilidade de você adquirir novas peças e produtos no exterior. A malha (tecido) produzido em países com neve é feita especialmente para o clima local e mantém o corpo bem mais aquecido no inverno, por exemplo.

Quer esclarecer algumas dúvidas sobre como se preparar para um intercâmbio? Que tal, então, entrar em contato conosco? Vamos adorar falar com você! Pessoalmente ou por Skype.  😉

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *