Do idioma à imigração
Pesquisar
Close this search box.
Intercambio para adultos, programa 50+, curso de ingles

Como é viver no Canadá: experiências e histórias de sucesso (Sandra Miriani)

A série Como é viver no Canadá começa com a Sandra Miriani que aos 67 anos fez um curso de inglês de 5 semanas em Vancouver. Ela já conhecia dezenas de países quando veio ao Canadá pela primeira vez, em 2017, para uma visita às cidades de Montreal, Quebec e Toronto. Compartilhou memórias desta viagem com Gabriel, seu único filho, que alguns anos depois escolheria Vancouver para fazer um curso de Logística.

Formada em Psicologia, Administração e Publicidade, Sandra dedicou-se ao empreendedorismo em maior parte de sua vida profissional, mas nunca abriu mão de aprender coisas novas e se desafiar.

Por mais medo ou receio que eu tivesse de algumas coisas, eu sempre segui em frente. Eu sempre fui muito independente.”

A ideia de fazer um curso de inglês em Vancouver veio do próprio Gabriel.

Duvidei se daria conta, pois meu último contato com a língua de forma acadêmica foi na adolescência e hoje tenho 67 anos. Mas, por que não?

No retorno das férias de Gabriel ao Brasil, Sandra também viajou para Vancouver e, desta vez, como aluna.

“Quando começaram as minhas aulas, ainda estávamos (ela e seu filho) no processo de mudança. Morávamos no sul de Vancouver e mudamos para Downtown. Comecei o curso e, de princípio, os colegas muito novos me olhavam, mas na primeira aula, eu já levantei a mão, já queria responder, participar e eles começaram a fazer questão da minha companhia. As amigas pediam para sentar junto, dividia lanches.”

Sandra M, intercambio para adultos 50+

Minha rotina em Vancouver era tipicamente…

“Acordava 7 horas da manhã, tomava meu café, olhava a temperatura e me arrumava pra escola. A aula começava às 9 horas e terminava às 12 horas! Retornava para casa, passava em algum mercado, se fosse necessário, já em casa fazia o almoço e dava um geral no apartamento. Muitas vezes, em torno das 15 horas, dava para passear com meu filho, dependendo dos horários dele! Tinha dias mais cansada! Então me poupava um pouco, e como estava frio, ficava assistindo tv ou refazendo exercícios da escola! Fazia aula on-line de pilates também.”
Sandra M na Capilano Suspension Bridge, intercambio para adultos, curso de ingles

Meu lugar preferido em Vancouver é…

O passeio da ponte de Capilano foi o que mais amei! Passear pelas encostas de granito e visualizar o abismo. Também senti muito frio na barriga ao atravessar a ponte, mas mesmo assim quero retornar no Natal e ir ao parque e curtir as luzes do lugar. O Granville Market também foi um lugar que gostei muito. Cheguei via barco (o famoso Acquabus) e vi o mural dos artistas brasileiros OSGÊMEOS durante a navegação.”
Sandra M no VanDusen Botanic Garden, intercambio para adultos, curso de ingles

Minha melhor experiência em Vancouver foi…

Passei um período de verão em Vancouver. Tudo é lindo!
Sandra M, curso de ingles, intercambio para adultos 50+

Se você tem 60 anos ou mais e quer fazer um intercâmbio, minha dica é…

Não pensem que não tive medo, receios, claro que tive! Mas pra quem já chegou aos 60 mais, tudo tem que ser vivido. A companhia de pessoas jovens faz muito bem!

Galeria de fotos


Mais histórias de sucesso de nossos clientes

Fernando e Maria Clara fizeram intercâmbio de 3 meses no Canadá. Eles gostaram tanto que trouxeram a filha Maria Fernanda para uma experiência também.

Quer fazer um intercâmbio e não sabe por onde começar?

Aqui você encontra tudo o que precisa: do idioma à imigração!

Este site utiliza cookies. Ao continuar navegando neste site, você concorda com nossa Política de Privacidade e com a utilização de cookies para melhorar sua navegação.