Transportes públicos em Quebec e Montreal

Caia neve ou faça sol. Os transportes públicos no Canadá são pontuais, estruturados e interligados. Se você vai morar no Canadá precisa saber como utilizar da melhor forma os transportes por aqui. Acompanhe neste post como funcionam os transportes públicos no Canadá e confira os links das rotas, horários e conexões em cada cidade.

Clique aqui, caso queira saber sobre como comprar um carro no Canadá.
Para conhecer os transportes públicos de Vancouver acesse aqui.

Transporte público em Quebec

O sistema de transporte coletivo dentro de Quebec se dá através de ônibus.

Mas você se engana se pensar que pelo fato de não possuir metro na região metropolitana terá problemas com a locomoção.

O transporte coletivo da cidade de Québec é bastante desenvolvido. A Réseau de transport de la Capitale (Rede de Transportes da Cidade de Quebec) oferece vários percursos, cobrindo a grande maioria do território urbano. As paradas de ônibus são próximas umas das outras, os ônibus são bastante confortáveis e sempre passam no horário preciso.

Em Quebec existem 04 tipos diferentes de ônibus:

  • Métrobus. São ônibus maiores que misturam o ônibus com o metrô. Ônibus grandes e confortáveis com linhas circulares até o centro e passam com reguralidade de 15 minutos de intervalo. Passa pelas principais avenidas de Québec.
  • Esses ônibus são os regulares, que tem seu trajeto definido. Tem regularidade de 15 minutos nos horários de pico e 30 minutos no resto do dia. São ônibus menores, mas, igualmente confortáveis.
  • São linhas expressas que passam nas avenidas mais movimentadas e somente em horários de pico.
  • Écolobus. São ônibus elétricos que circulam somente no centro.

Você pode pagar a sua passagem diretamente no ônibus, mas se lembre de levar o dinheiro certo pois o valor é depositado em uma caixa. Nos terminais e em vários pontos na cidade é possível também comprar bilhetes avulsos e mensais.

Uma ótima opção para se locomover nos dias mais quentes é a bicicleta. As muitas ciclovias da cidade são seguras e bem feitas. São convenientes tanto aos adeptos do ciclismo para lazer, como às pessoas que utilizam a bicicleta como meio transporte.

Rotas, horários e conexões

Veja um mapa completo das rotas de onibus da cidade aqui e encontre sua linha.

Para saber os horários dos ônibus indique a rota e acesse aqui saber os horários.

DICA: Utilize este aplicativo (parecido com o Google Maps) para criar a sua rota e conexões. Veja o vídeo de como o aplicativo funciona (aqui).

 

Transporte público em Montreal

Montreal possui um eficiente sistema de transporte coletivo, onde linhas de ônibus e trens funcionam de maneira integrada.

Metrô-ônibus

Você pode comprar passe mensal, que lhe dá acesso ilimitado ao metrô e aos ônibus. O passe é vendido nas bilheterias do metrô e em diversos estabelecimentos, como farmácias, a partir do dia 20 de cada mês, e entra em vigor no dia primeiro do mês seguinte. Você também pode comprar bilhete unitário, ou cartela com seis tickets, que lhe dá direito ao uso do ticket-transferência, válido durante uma hora e meia em direção única.

No caso dos ônibus você pode também comprar a sua passagem na hora, mas aqui também vale a dica: leve o valor exato, não há devolução de troco.

Você pode solicitar mapas gratuitos da rede de metrô e ônibus nos guichês do metrô. Ou veja abaixo os links de acesso para qualquer linha de ônibus.

ATENÇÃO: A cada nova estação do ano, os horários de circulação são alterados. Folhetos gratuitos estão disponíveis nos veículos coletivos informando os novos horários.

Ônibus

Os ônibus de Montreal se dividem em quatro linhas:

  • Linhas locais: são os ônibus que passam, no máximo, a cada 10 minutos.
  • Linhas noturnas: são as linhas que funcionam durante a madrugada.
  • Linhas expressas: são os ônibus mais rápidos, pois param em menos pontos.
  • Linhas shuttle: são as linhas que param em pontos específicos..

Metrô

O metrô de Montreal é composto por quatro linhas: laranja, amarela, verde e azul. A verde e a laranja geralmente são as mais utilizadas por quem chega na cidade. Como já dissemos, o sistema de metrô é interligado aos ônibus, facilitando o acesso a áreas da cidade que não são alimentadas pelo metrô ou para se locomover quando ele já está fechado.

O metrô da cidade não funciona 24 horas por dia. De segunda a sexta, ele funciona de 5h30 às 0h35. Aos sábados, de 5h30 às 1h. Aos domingos, de 5h30 às 0h30. Fora desses horários, há linhas noturnas de ônibus para suprir a demanda por transportes públicos em Montreal.

Trem

Para os moradores de áreas mais afastadas do centro da cidade, uma ótima opção são os trens. Nesse caso você também pode adquirir um cartão mensal, integrado ao resto da rede de transporte urbano, ou pagar a passagem a cada viagem.

Rotas, horários e conexões

Neste site você consegue informações, horários e conexões de uma forma muito fácil e intuitiva. Este é uma das melhores ferramentas de informacões dos transportes públicos do Canadá. “transport schedule”  Veja um mapa completo das rotas de onibus da cidade aqui e encontre sua linha.

 

Se preferir, acesse aqui para, baixar o arquivo de horários ou enviar um SMS para saber quando o próximo ônibus chegará.

Carteira de motorista no Canadá

O transporte público no Canadá é excelente. Porém em algumas áreas, devido ao clima ou frequência dos ônibus e metrôs, vale a pena utilizar o carro para se locomover. Saiba como e quando utilizar sua carteira de habilitação do Brasil ou quando emitir uma Canadense?

A carteira de habilitação tem diferentes validades de acordo com a região que você vive no Canadá e a sua situação no País. De uma forma geral as províncias aceitam sua carteira brasileira acompanhada da tradução (Permissão Internacional para Dirigir – PID) em todo território canadense por 3 meses. Se você for estudante full time e tiver visto maior que 3 meses pode ser qualificado a utilizar apenas a CNH e PID.

Lembre-se que caso faça a emição de sua carteira de habilitação canadense você deverá entregar a sua CNH permanentemente.

Veja abaixo as regras para cada região e, se possível, sempre tire e carteira de habilitação antes de vir para o Canadá.

 

  • British Columbia

O turista, estudante ou imigrante pode utilizar sua carteira brasileira por até 3 meses (com algumas condições). No caso do estudante, se for full time em instituição designada pelo governo, pode utilizar a CNH pelo tempo de seu Study Permit. Neste caso, após 3 meses, carregue sempre com você uma carta da universidade atestando que você está matriculado full time e poderá utilizá-la por mais 3 meses totalizando 6 meses no total (Informações aqui).

Como tirar a habilitação sem CNH

• Fazer um teste teórico (Se aprovado recebe permissão de aprendiz e identifica seu carro com a letra L e segue certas condições)
• Faz teste prático(Se aprovado recebe permissão de “motorista iniciante” e identifica seu carro com a letra N)
• Se após 2 anos não houverem multas e acidentes você fará outra prova prática e, aprovado, receberá a carteira definitiva (class 5)

Como tirar a habilitação com CNH

• Fazer um teste teórico (Se aprovado recebe permissão de aprendiz e identifica seu carro com a letra L e segue certas condições)
• Faz teste prático* (Se aprovado recebe carteira definitiva (class 5)

*Lembre-se que se você for tirar uma carteira canadense terá que entregar sua carteira brasileira para eles. Você precisará tirar uma nova via quando chegar no Brasil. Verifique os custos aqui e faça aulas preparatórias antes do teste prático. Eles são bastante exigentes!

Mais informações em: ICBC

 

  • Ontário

Em Toronto visitantes, estudantes e imigrantes podem dirigir por 3 meses com a CNH brasileira desde que acompanhada de tradução (PID). Para dirigir mais de 3 meses você precisa trazer sua PID do Brasil. Você pode emití-la em um agência do DETRAN do seu estado.

Se você está imigrando ou ficará por mais tempo na província você deve comparecer a um dos escritoórios responsáveis pela habilitação (veja aqui).  Deve apresentar os documentos solicitados e dependendo de sua experiência (quanto tempo de CNH) fará os testes necessários.

Como tirar a habilitação sem CNH

• Fazer um teste teórico (Se aprovado recebe permissão de aprendiz G1)
• Esperar e praticar durante 12 meses com a carteira G1 (junto de um motorista full licenced – 4 anos)*
• Fazer teste prático
• Recebe a carteira G2 e fica em observação por mais 12 meses.
• Fazer outro teste prático
• Recebe a carteira Full G licence
• Se após 12 meses não houverem precedentes (infrações ou acidentes) você receberá finalmente a carteira definitiva**.

*Você pode reduzir esse prazo para 8 meses caso escolha uma Auto Escola crendenciada pela província. (Veja aqui.)
**Para ser qualificado como um motorista experiente é preciso ter 4 anos de carteira definitiva.

Como tirar a habilitação com CNH (com carteira há mais de 2 anos)

• Fazer um teste teórico (G1)
• Escolher fazer a prova prática G2 ou ir direto para a Full G (um pouco mais difícil)
• Recebe a carteira

Mais informações em: Ontario

 

  • Quebec

No Quebec a CNH é valida por 6 meses para turistas, residentes e estudantes. Para estudantes (ou trainees) com visto de estudos mais longo é possivel dirigir durante o programa com a (IDP) International Driving Permit. A CNH sem uma tradução pode não ser aceita durante os 6 meses. Se possivel traga sempre a Tradução fornecida pelo DETRAN (PID).

Como tirar a habilitação sem CNH

• Fazer curso teórico (9 horas de estudo em classe)
• Fazer um teste teórico (Se aprovado recebe uma carteira provisória (Learner), válida por 18 meses. Esta licença é valida apenas para dirigir com instrutor ou motorista já habilitado com a carteira definitiva)
• Fazer o Treinamento Prático de Direção que consiste de 24 horas de aulas e 15 horas de direção.
• Esperar (e praticar) 10 meses e fazer outro teste teórico
• Se aprovado agendar a prova prática (não pode ser antes de 12 meses da emissão da carteira provisória)
• Fazer teste prático
• Se aprovado pode dirigir sozinho
• Após 2 anos pode acompanhar estudantes que dirigindo com carteira provisória.

Como tirar a habilitação com CNH (com pelo menos 1 ano de experiência)

• Fazer um teste teórico
• Fazer teste prático (Se aprovado recebe carteira definitiva (class 5)

Mais informações em: SAAQ

 

  • Alberta

 Em Alberta o imigrante brasileiro tem até 3 meses para trocar sua carteira por uma nova através deste procedimento. Turista pode dirigir até um ano com sua habilitação brasileira desde que acompanhada do International Drivers Permit (IDP). Os estudantes podem também dirigir um ano e prorrogar a utilização da carteira brasileira + IDP caso estudem em uma instituição credenciada em Alberta ou caso participem de algum programa de trabalho e estudo (co-op) nesta província.

Em Alberta eles usam um sistema parecido com os despachantes no Brasil. Empresas privadas são autorizadas pela província a registrar, qualificar, documentar e aprovar os motoristas. Procure nesta página as agências mais próximas de sua cidade em “Find a Registry Agent”.

Como tirar a habilitação sem CNH

• Fazer um teste teórico
• Se aprovado, aguardar por 1 ano e praticar (sempre acompanhado por alguem habilitado com a Classe 5 full)
• Fazer o teste prático
• Se aprovado recebe a licença class 5 GDP
• Se após 2 anos não houverem multas e acidentes você fará o upgrade para a carteira definitiva (class 5 full)

Como tirar a habilitação com CNH (com experiência de 2 anos)

• Fazer um teste teórico (e esperar 15 dias)
• Agenda teste prático
• Faz teste prático e se aprovado recebe carteira definitiva (class 5 full)

Mais informações em: Alberta Transportation

 

  • Manitoba

Na província de Manitoba você (turista, estudante ou imigrante) pode dirigir até 3 meses com sua carteira brasileira (traduzida através da PID ou IDP). Se precisar ficar mais deve contatar um dos escritórios responsáveis para a troca da CNH providenciando os documentos indicados aqui.

Como tirar a habilitação sem CNH

• Fazer um curso de direção (detalhes aqui) e uma prova teórica
• Se aprovado recebe a Class 5L (Learner) e aguarda por 9 meses enquanto pratica (sempre acompanhado por alguém habilitado com a Classe 5A – Authorized Instructor)
• Fazer uma prová prática
• Se aprovado você recebe uma carteira intermediária (Class 5F) e fica sob observacão por mais 15 meses.
• Se não houver nenhum precedente nestes 15 meses você recebe a carteira Class 5A -Authorized Instruction e pode então acompanhar outros estudantes (Class 5 Learner). (mais informações aqui)

Como tirar a habilitação com CNH (com experiência brasileira de 3 anos)

• Registrar e agendar teste teórico
• Agendar teste prático
• Faz teste prático e se aprovado recebe carteira definitiva (class 5A)

Mais informações em: MPI

 

  • Newfoundland and Labrador

Nesta província você estudante, visitante ou imigrante pode dirigir por 3 meses com sua carteira brasileira traduzida (PID). Veja abaixo como aplicar para habilitação nesta província, quais documentos e contate um dos escritórios responsáveis visitanto essa página.

Como tirar a habilitação sem CNH

• Fazer o curso GDL
• Fazer prova teórica
• Se aprovado aguarda 12 meses enquanto pratica (sempre acompanhado por alguém com 4 anos de habilitação definitiva)*
• Fazer uma prová prática
• Se aprovado você recebe uma carteira intermediária e deverá identificar seu carro com “Novice Driver”
• Se não houver nenhum precedente após 12 meses você recebe a carteira definitiva. Mais informações aqui

Como tirar a habilitação com CNH (com experiência brasileira de 3 anos)

• Registrar e agendar teste teórico e de vista
• Agendar teste prático
• Faz teste prático e se aprovado recebe carteira definitiva

Mais informações em: Service NL

*Você pode reduzir esse prazo para 8 meses caso escolha uma Auto Escola crendenciada pela província.

 

  • Saskatchenwan

Estudantes, turistas e novos moradores da província podem dirigir por 3 meses com a carteira e a tradução – PID.

Como tirar a habilitação sem CNH

• Fazer o curso GDL
• Fazer prova teórica
• Praticar por 9 meses (6 horas teóricas + 6 horas práticas, no mínimo)
• Fazer uma prova prática (você será analisado e qualificado como Novice 1 ou 2, dependendo do seu desempenho na prova)
• Se aprovado como Novice 1 deve dirigir por 6 meses com uma carteira intermediária. Se passar como Novice 2 deverá dirigir 12 meses com uma carteira intermediária.
• Se não houver nenhum precedente após 6 ou 12 meses você recebe a carteira definitiva Class 5. Mais informações aqui

Como tirar a habilitação com CNH (com experiência brasileira de 2 anos)

• Fazer teste teórico
• Fazer teste prático (deve passar na primeira tentativa)
• Recebe carteira definitiva Class 5

Mais informações em: SGI

 

  • Nova Scotia

Aqui a carteira de estudantes, turistas e imigrantes é válida por três meses. O programa deles é composto basicamente de:

Como tirar a habilitação sem CNH

• Fazer a prova teórica (Leaner Licence)
• Praticar e aguardar 6 meses*
• Fazer uma prová prática (Road Test)
• Se aprovado você recebe uma carteira intermediária (Class 5N)
• Se não houver nenhum precedente após 2 anos você recebe a carteira definitiva. Mais informações aqui

Se você possue a CNH, com experiência brasileira de 2 anos, poderá ser poupado do teste teórico.

* Você pode reduzir esse prazo para 3 meses se participar de um dos programas certificado pelo governo: approved Driver Education course ou certified Driving School.

Mais informações em: Nova Scotia

 

  • New Brunswick

Nesta província os turistas, estudantes e new comers também podem dirigir até 3 meses.  veja como funciona:

Como tirar a habilitação sem CNH

• Fazer a prova teórica Class 7 (1)
• Praticar e aguardar 12 meses*
• Fazer uma prová prática
• Se aprovado você recebe uma carteira Class 7 (2) intermediária
• Se não houver nenhum precedente após 12 anos você recebe a carteira definitiva Class 5.

* Você pode reduzir esse prazo para 8 meses se participar de um programa da auto escola credenciada: approved Driver Education course ou certified Driving School.

Como tirar a habilitação com CNH (com experiência brasileira de 2 anos)

• Fazer teste teórico
• Fazer teste prático
• Se aprovado recebe carteira definitiva Class 5

Mais informações em: New Brunswick

 

  • Viajando para os Estados Unidos

Se quiser cruzar a fronteira para os Estados Unidos lembre-se de fazer seu PID no Brasil antes de vir. Se prentende tirar sua carteira no Quebec e viajar para os Estados unidos faça também sua IDP. As demais províncias estão autorizadas no Estados unidos já que a língua inglesa é oficial.

Comprar um carro no Canadá

Os brasileiros sempre pensam no carro como um item de prioridade, então é natural que assim que decidimos ir para o Canadá pensar na compra de um carro.

É muito importante levarmos em conta a diferença gritante entre o transporte público do Brasil e do Canadá. O sistema de transporte público canadense permite que você circule tranquilamente de casa para trabalho, estudos ou lazer e com um custo bem menor do que o de possuir um carro.

A decisão de comprar um carro deve então levar em conta o orçamento mensal que você tem, uma ótima forma de economizar é optar por não comprar o carro assim que mudar para o Canadá. Existem alguns pontos que também deve considerar como se vai morar em uma cidade mais afastada ou se você tem crianças pequenas, nestes casos, o carro facilita muito o dia a dia.

A primeira informação importante para comprar um carro no Canadá é que você precisa possuir a carteira de motorista canadense.(post)

Possuindo a carteira de motorista, você já pode sair a procura de seu carro. Uma ótima fonte de pesquisa de preços é a internet, onde você pode ter uma base do valor do carro que procura e a diferença de valores entre novos e usados.

Algumas diferenças entre os carros novos e usados:

Carros Novos: diferente do Brasil a diferença entre o preço de carros novos e semi-novos não é muito grande, além disso os juros de financiamento para carros novos é menor do que os juros para compra de carros usados e semi-novos. A grande vantagem de um carro novo é que por um bom tempo você não vai ter gastos inesperados com manutenção, mas o custo inicial é maior.

Carros Usados: você pode optar por comprar um carro usado por uma questão de orçamento. Apenas avalie as condições desse carro para que você não tenha problemas com o custo de manutenção. Nesse caso, opte sempre por comprar o carro usado de uma concessionária que possui carros com “certificação” e muitas vezes oferecem garantia de 01 ano mesmo para carros usados. Se você optar por comprar diretamente de uma pessoa, o ideal seria que tivesse um mecânico de confiança que fizesse uma avaliação desse carro para você (as vezes a economia não compensa, se você comprar um carro que já vier com problemas no motor por exemplo). Como dificilmente quem vai do Brasil para o Canadá já conhece algum mecânico, a decisão mais aconselhável é comprar sempre de uma concessionária mesmo.

Agora as opções de compras:

Á vista: como as taxas de juros no Canadá são bem inferiores ao Brasil, o pagamento a vista só vale a pena caso tenha pressa para comprar o carro ou opte por comprar um carro usado com o valor bem inferior.

Financiamento: é uma excelente opção de compra, principalmente se você optar por comprar um carro novo. A única dificuldade aqui é que normalmente os financiamentos não são aprovados para quem não tem histórico de crédito no Canadá. Só para você ter uma ideia, normalmente o seu histórico de crédito só é considerado após cerca de um ano de operações financeiras, pagando todas as suas contas em dia.

Leasing: o leasing possui taxas menores do que as do financiamento e a aprovação para o leasing não é tão exigente com relação ao histórico de crédito. Isso porque o leasing é uma modalidade de “aluguel” do carro, você paga mensalmente pelo carro mas ele não é seu e sim da montadora. No final do leasing você pode devolver o carro para a montadora ou usá-lo de entrada para um novo carro (o que normalmente é feito). Essa opção é ótima para quem é recém-chegado ao Canadá e quer um carro novo. Importante lembrar: na modalidade de leasing existe um limite de quilometragem rodada permitida, que é definido no momento da compra.

É importante ressaltar que assim como no Brasil, o carro não é um investimento no Canadá. A desvalorização é grande e você deve sempre comparar a sua necessidade com seu orçamento.

Na hora de decidir pela compra de um carro, lembre-se também de contar os custos de seguro (que é obrigatório), manutenção, combustível e os impostos de compra, que variam por província e também de acordo com o modelo do carro escolhido.

Vou de Bike | Vancouver

As bicicletas estão por toda parte no verão. Veja nesse post como fazer para se cadastrar, cuidados que você deve tomar e outras informações importantes para peladar por aqui.

Em Vancouver foi inaugurada a primeira etapa do Projeto Mobi. A cidade de Vancouver possui ciclovias por quase todas as ruas, são mais de 270 quilômetros de ciclovia. Por ser uma região mais quente, os vancouverites utilizam bicicleta quase o ano todo. Seja para ir trabalhar, estudar, passear e fazer compras. Você encontra lugares para estacionar as bicicletas mas deve sempre usar corrente e cadeado. Ônibus e metrôs também permitem o transporte de bicicletas em horários específicos, facilitando trajetos longos.

As ciclovias de Vancouver são excelentes. Veja o mapa aqui. Você economiza dinheiro, mantêm a saúde em dia e de quebra curte os visuais mais bonitos do Canadá.

Itens e Informações importantes:

  • sinalizador branco na frente e vermelho na traseira são obrigatórios
  • você deve parar todo sinal de pare,
  • capacete é obrigatório,
  • a velocidade máxima é de 15 KM/h,
  • respeitar a sinalização (mesma sinalização dos veículos)

Para os visitantes, alugar uma bicicleta e uma boa pedida. Você aluga uma bicicleta por hora ou por dia, principalmente perto de praias e parques. Aproximadamente CAD 6 dólares a hora e CAD 20,00 a diária .

> Baixe 6a edição no Vancouver Cycling Map aqui.

Transporte em Vancouver

O sistema de transporte de Vancouver é típico de primeiro mundo. Ele é composto por ônibus (elétricos e a diesel), o metrô (que aqui é chamado de SkyTrain pois é externo), e a balsa (chamada de Sea Bus), que faz o transporte entre Vancouver e North Vancouver.

A empresa responsável pelo sistema público é chamada de Translink e ela oferece um serviço integrado, seguro, rápido e limpo. A cobertura é feita em toda a região de Metro Vancouver, que também abriga cidades como Burnaby, New Westminster, Richmond e Surrey. Isso porque o centro de Vancouver, chamado por aqui de downtown Vancouver, é relativamente pequeno em extensão (principalmente se comparado com Toronto) e bem caro para morar.

Essa região metropolitana é dividida em três zonas: a zona 1, que inclui somente a cidade de Vancouver; a zona 2 que inclui Burnaby, New Westminster, Richmond e North Vancouver; e a zona 3, composta pelas cidades de Coquitlam, Port Coquitlam, Port Moody, Surrey, White Rock, Langley, Maple Ridge e Pitt Meadows. Vamos aos detalhes:

Por enquanto as linhas de metrô incluem somente a zona 1 e 2 e algumas cidades da zona 3, mas uma nova linha que está sendo inaugurada em 2017 vai ampliar ainda mais a área do SkyTrain para as cidades de Coquitlam e Port Moody.

 

Ônibus

As linhas de ônibus em Vancouver são o sistema de transporte com maior cobertura. São os ônibus que passam por todos os bairros e levam as pessoas até a estação de metrô quando necessário. Você também pode ir de uma cidade a outra utilizando somente ônibus, mas a maioria das pessoas prefere utilizar o SkyTrain, pois ele é mais rápido já que não há trânsito. Os ônibus são extremamente pontuais, a ponto de você perder a viagem se chegar 1 minuto atrasado. O veículo para exatamente na área designada, por isso não espere sair correndo atrás pois o motorista não vai parar para você. Independente de haver ou não uma tabela de horários em cada ponto, há com certeza um código de 5 dígitos. Para saber que horas o seu ônibus vai passar, basta enviar um SMS para a Translink com esse código e você receberá o próximo horário em segundos. Você também pode acessar o site da empresa, ou mesmo utilizar o aplicativo. É tudo muito moderno e prático.

 

SkyTrain

SkyTrain é o sistema ferroviário metropolitana da Grande Vancouver. O nome, SkyTrain, foi criado durante a Expo 86, já que a primeira linha (Expo) corre no trilho elevado ao redor do centro de Vancouver, proporcionando vistas panorâmicas da área metropolitana. O SkyTrain passa pela maior ponte a cabo do mundo, conhecida como SkyBridge, que atravessa o rio Fraser.

Este sistema possui 47 estações em três linhas: Expo, Millennium e Canadá Lines + a linha Evergreen, uma extensão da Millennium que está em fase final de construção.

 

Sea Bus

A balsa de Vancouver liga o centro de Vancouver a North Vancouver, uma viagem de 15 minutos, saindo de Waterfront, Vancouver até Lonsdale Quay, em North Vancouver. Uma vista belíssima da baía, ótima estrutura e pontualidade britânica.

 

Bilhetes e passes

O valor da tarifa é o mesmo para todos os meios de transporte. Aqui existe um sistema integrado onde utiliza-se o mesmo passe (Cartão Compass) para diversos tipos de transporte. Você pode usar quantas vezes quiser em até 90 minutos, mas para não ser cobrado novamente, o seu trajeto total não pode passar de 120 minutos. Você sempre passa o cartão na entrada e saída de cada veículo.

Algumas variações de preços se aplicam à crianças entre 5 e 13 anos, estudantes entre 14 e 19 anos que tenham um passe especial, idosos acima de 65 anos e deficientes físicos com passe especial. São as chamadas Concession Fares:

Zona 1: $1,75
Zona 2: $2,75
Zona 3: $3,75

Crianças com 4 anos ou menos, acompanhadas de adultos, andam de graça.

O valor regular por adulto é:

Zona 1: $2,75
Zona 2: $4
Zona 3: $5,50

Veja um mapa das Zonas aqui.

Com a implantação do sistema de cartões novos você precisa utilizar o cartão Compass para usar multiplos meios de transporte. Você até pode pagar o ônibus com moedas (não te dão troco) mas o cartão que você recebe não te permite utlizar metrô ou balsa. Por isso a melhor opção é comprar o seu cartão e recarregá-lo conforme necessidade. Você ganha um desconto de 21 a 24% comprando o cartão.

 

Sábados, domingos e feriados você transita pagando apenas a tarifa da Zona 1.