Canadá: A História Completa – Parte 3

Este é o terceiro artigo da série “Canadá: A História Completa”. Nos dois primeiros, falamos a respeito da descoberta do país, do processo de colonização e dos primeiros habitantes vindos da Sibéria e da Europa.

Na última parte desse especial, vamos desvendar outros aspectos da cultura canadense e conhecer um pouco de sua herança gastronômica, além de darmos os parabéns ao Canadá, que em 2017 completa 150 anos de história como um país unificado, desenvolvido e que oferece muitas oportunidades para todos os seus habitantes.

História do Canadá: Parte 1
História do Canadá: Parte 2

 

A Cultura do Canadá

O Canadá é um país multicultural e talvez esse seja um fator que facilite a adaptação dos brasileiros que buscam trabalho e conhecimento.

Por ser uma nação bilíngue, é importante conhecer as províncias e territórios do Canadá para descobrir qual idioma é mais falado em cada região. Em Ontário, por exemplo, a grande maioria da população se comunica em inglês, enquanto que na província de Québec o francês é o idioma oficial.

Portanto, o Canadá é um excelente país para quem deseja aprender inglês e francês com nativos de ambos os idiomas.

 

A maioria da população canadense é adepta do cristianismo (católicos romanos e protestantes), porém, há uma boa parcela de cidadãos que se declaram “sem religião”, até porque o Canadá é um país que garante o pluralismo religioso e que possui mesquistas e templos de budismo, hinduísmo e sikhismo.

As modalidades esportivas mais praticadas no Canadá estão relacionadas ao fator climático, principalmente no norte do país. O hóquei e a patinação no gelo são os mais populares, porém, o esqui, o beisebol, o softbol e o basquete também são esportes de destaque na preferência dos canadenses.

Vale ressaltar que o Canadá adotou a política de multiculturalismo (1971) para garantir o respeito e a tolerância à todas as manifestações culturais praticadas em seus territórios e províncias.

 

Comidas Típicas do Canadá

Assim como a cultura, a gastronomia do Canadá é resultado da mistura de pratos típicos de outros países com ingredientes nativos, entre eles o maple syrup, um xarope que é extraído de árvores Acer (“Bordo” no Brasil), sendo a folha desta espécie o símbolo estampado na bandeira Canadense.

Dentre as comidas típicas do Canadá, as mais populares são a Peameal Bacon (sanduíche feito com lombo defumado e bacon canadense), Poutine (porção de batatas e cubos de queijo coberta com molho a base de carne) e a Macaroni and Cheese (que é tipicamente servida no jantar).

poutine
Image Source: http://www.scores.ca/ – Veja matéria completa: 10 coisas que você precisa fazer no Canadá

Outras receitas tradicionais do país são o Sourdough, a Maple Pancakes e a Butter tart, encontradas com facilidade nos supermercados e confeitarias.

 

Principais Eventos do Canadá

Alguns festivais ocorrem anualmente no Canadá com o objetivo de resgatar as heranças culturais do país. Os principais eventos são realizados durante os meses de julho, agosto, setembro e outubro.

O Stratford Shakespeare Festival é uma ótima opção para quem gosta de teatro e impressiona pela diversidade de produções inspiradas nas obras de William Shakespeare. Outra atração para os apaixonados pelas belas artes é o 30th Edmonton International Fringe Theatre Festival, que acontece em agosto e apresenta mais de 200 peças teatrais. (Veja a lista completa de festivais de música do Canadá aqui)

Na província de Alberta acontece o Rocky Mountain Wine & Food Festival, o maior festival gastronômico da região, realizado entre os meses de setembro e outubro e que reúne os melhores vinhos do Canadá.

Outros festivais famosos do país são o The SAQ New France Festival, o Bard on the Beach Shakespeare Festival e o Loto-Québec International Fireworks Competition.

 

Canadá e seus 150 anos

O Canadá completa 150 anos em 1º de julho de 2017 e o país já se prepara para celebrar esta data em grande estilo.

Antes de 1867, o Canadá não era uma “nação”, pois existiam colônias e políticas distintas nas províncias e territórios do país. Porém, com o fim da Guerra Civil e com ascensão dos Estados Unidos no continente, muitos identificaram a ameaça de anexação americana em solo canadense, o que deu origem ao acordo de união estabelecido entre o Canadá Leste, Oeste e as províncias de Nova Escócia e Novo Brunswick.

Com a assinatura dos termos do “Ato da América do Norte Britânica” (1º de julho de 1867), formou-se o chamado “Domínio do Canadá”, que viria a ser o país que hoje conhecemos, com suas diferenças culturais, porém, unificado quanto aos direcionamentos de suas políticas internas e externas.

A partir de então, o Canadá iniciou uma fase de grande expansão territorial e muitos imigrantes chegaram ao país vindos de várias partes do mundo, principalmente no período pós-guerra, quando a economia canadense estava fortalecida pela indústria bélica e prosperava com a agricultura.

Para comemorar os 150 anos do país, o governo está preparando diversas atrações, tais como shows, espetáculos culturais e até a circulação de uma moeda com o registro de canandenses escolhidos por um sistema de votação chamado My Canada, My Inspiration.

Além disso, o governo canadense selecionou parques nacionais que poderão ser visitados gratuitamente e 19 cidades terão verbas públicas para as comemorações durante todo o ano de 2017.

 

Conclusão

Chegamos ao fim desta série de artigos sobre a história do Canadá, um país multicultural e repleto de atrativos para estudantes e trabalhadores de todas as partes do mundo.

 

Agora que você já sabe mais sobre a história e a cultura canadense, que tal consultar a Canada Intercambio e programar, com um especialista, sua viagem com o máximo de segurança e conforto?

Fale hoje mesmo com nossa equipe de consultores pessoalmente, por email ou skype e conheça todos os nossos serviços de educação e imigração para o Canadá!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *