7 coisas que você precisa saber sobre estágio no Canadá

Se você está pensando em fazer uma faculdade, mestrado, doutorado ou alguma especialização no Canadá, já deve ter se perguntado sobre como conseguir estágio no exterior, certo? E é claro que essa é uma dúvida importante, inclusive porque as regras podem mudar de curso para curso, e é necessário ficar atento.

Por isso, listamos 7 coisas que você precisa saber sobre estágio no Canadá. Confira!

1. Carga horária

Embora o estágio no exterior seja importante para solidificar os conhecimentos teóricos, os estudos ainda são a prioridade. Logo, uma das regras em solo canadense é que o estágio não pode tomar mais de 50% do tempo do intercambista.

Sendo assim, o intercambista pode trabalhar quatro horas por dia, tendo que estudar as outras quatro horas. Também há a opção de, até mesmo, estudar no período integral durante seis meses e trabalhar no período integral nos outros seis meses, por exemplo.

Você ainda pode aumentar a carga horária durante as férias escolares.

2. Remuneração

Assim como no Brasil, os estágios no exterior podem ser remunerados ou não. É difícil estipular uma média de salário, pois isso depende muito da sua área de estudos, experiência e cidade do Canadá, no entanto, as perspectivas costumam ser boas, tendo em vista que a remuneração canadense é, no geral, bastante condizente com o custo de vida.

3. Duração mínima

Para que o seu estágio no Canadá seja válido, ele deve ter uma duração mínima de quatro meses, e tal informação deve ser especificada no contrato antes mesmo do início do trabalho.

4. Contrato válido

Os canadenses são conhecidos por fazerem tudo certinho, mas como em qualquer lugar do mundo, sempre há aquelas pessoas que querem tirar proveito da condição dos estagiários.

Para não cair em roubada, fique sempre atento ao contrato e verifique se ele contém todas as regras básicas para ser considerado válido, como as informações sobre a duração do estágio, o respeito pela carga horária, o valor da remuneração e a descrição do trabalho que será desenvolvido.

5. Documentação correta

Lembre-se de que para que o seu estágio no exterior tenha validade, é importante contar com a documentação correta. Nada de querer trabalhar apenas com visto de turista.

Para isso, contrate uma assessoria especializada e garanta que você não terá nenhum problema com a legislação do país. O que em um primeiro momento pode parecer uma coisa boa, pode facilmente se transformar em um pesadelo, terminando até em deportação e na proibição de regressar ao país.

6. Nível de inglês exigido

Para concorrer a uma das vagas de estágio no exterior é necessário ter um bom nível de inglês. Se esse não for o seu caso, é interessante se matricular em um curso antes para poder aperfeiçoar o seu inglês — ou francês, caso o seu interesse seja morar na região francófona do Canadá.

7. Garantia de estágio

É importante ter em mente que, embora as perspectivas de estágio no Canadá sejam boas, nenhuma vaga é garantida. Portanto, desconfie de promessas milagrosas. O seu desempenho será o diferencial, logo, prepare-se para enfrentar a concorrência com outros estudantes e aproveite o seu período de intercâmbio para turbinar o seu currículo.

Ah e mais uma dica: fazer trabalho voluntário é visto com bons olhos no Canadá, então, se tiver a oportunidade, não deixe de aproveitá-la.

Voltar da sua experiência internacional ostentando um estágio no exterior é bastante positivo, tanto para a sua vida profissional quanto pessoal. Não deixe de investir no seu desenvolvimento!

Se você estiver pensando em fazer o seu intercâmbio no Canadá, entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas.